15 de outubro de 2010

Jornalista do Piauí questiona sexualidade de Dilma Rousseff


Por Isaias Rocha, direto de Teresina

Após anunciar que escreverá uma carta contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo, a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, teve a sexualidade questionada durante a viagem nesta quarta-feira (13) a Teresina, quando visitava um centro de reabilitação de deficientes.
Enquanto falava sobre o compromisso que assumira com pastores evangélicos em relação ao abordo e à união entre pessoas do mesmo sexo, o jornalista Efrém Ribeiro, do jornal Meio Norte e colaborador de O Globo no Piauí, causou indignação à presidenciável Dilma Roussef (PT) ao perguntar sobre sua sexualidade. Ele perguntou se Dilma era lésbica.
Visivelmente desconcertada e com a voz alterada, a candidata declarou que não iria responder. “Meu querido, eu não vou responder a isso. Não vou responder…” Dilma alegou que não iria discutir “nesse nível”.
“Tenho uma filha e sou avó, pelo amor de Deus. Me desculpa, mas esse tipo de discussão eu não vou ter aqui.”
Sobre os boatos de que seja lésbica, inclusive com e-mails circulando na internet, ela foi enfática: “Isso não contribui em nada para o desenvolvimento do país”.
--- ---