28 de dezembro de 2010

Uma historia de Sucesso


Banda Ravelly

No ano de 2007, eu VANDA RAVELLY, na época com 26 anos, cantora desde os 12 anos de idade, já havia passado por vários trabalhos. Comecei cantando em aniversários, pizzarias, bares e balneários.
Melody da Banda Ravelly

O primeiro convite de banda que recebi, foi da banda “Swing Latino”, onde passei 2 anos, logo em seguida fui convidada para participar da “Banda Tribos”, onde tive o prazer de gravar o sucesso “ Gringo Lindo”, gravado pela Banda Calypso, 1 ano depois, estava em um novo trabalho, Forró Chapéu de Couro”, e de lá um novo convite, “Banda Kassikó”, onde estive a grande benção de conhecer o meu então marido e companheiro Mac Sandro, foi lá também que pelas mãos do Bispo Jr., fui batizada artisticamente de Vanda Ravelly; um ano e meio depois fomos para Recife e chegando lá iniciei um novo trabalho, dessa vez com a “Banda Veneno do Pará”, participando assim, de vários programas de televisão local, e shows em todos os estados. Mas faltava-me algo, o meu Pará onde retornei um ano depois.

Assim chegando a minha cidade de origem Santa Isabel do Pará, fui surpreendida com a ligação de uma grande amiga “Lene Bandeira”(Ex-Cantora da Banda Companhia do Calypso) que me fez o convite para cantar em sua Banda, e foi nesse período que se ouvia um zum-zum-zum em Belém, de um novo ritmo, uma nova batida “O Melody” (Ritmo com influência do Tecnobrega Paraense e uma pitada de música eletrônica) que fervia a periferia da cidade e fazia dançar e vibrar ao comando dos famosos Dj´s das aparelhagens (Grandes caixas de som incrementados com muita iluminação, fazendo um som mecânico).

Recebi então um convite de uma prima Viviane Batidão e gravei uma música de parceria chamada “Big Som”, tive uma boa aceitação no mercado e passei a receber vários convites continuando a gravar Melody, com os DJ´s Leo e David, que eram encomendados pelas aparelhagens.

Numa dessas gravações fomos abençoados por Deus. Com uma música feita para uma das mais antigas aparelhagens de Belém, “Rubi”, a música fala de uma mulher, que deixava de lado seu romance para curtir com o “Rubi” uma viagem de som e Luz que só as aparelhagens de Belém, sabem proporcionar a seu público, deixando seu namorado com raiva, então no final ele acaba com tudo indo pro “Rubi”. E também botando a “Paula” para remexer, sua nova namorada.

Com o sucesso dessa canção, surgiu a idéia de formar a banda, até porque a vinheta que colocávamos nas músicas tratava-se de meu nome, Vanda Ravelly, porém, o público imaginava escutar o nome “Banda Ravelly”, e uma decisão unânime, eu e Marc Sandro demos o nome ao nosso trabalho de “Banda Ravelly”.

Começamos assim uma luta incansável, éramos só nos dois, até fizemos convites à vários amigos, mas eles não toparam e seguimos então o nosso caminho.

Reunindo faixas, lançamos o nosso primeiro álbum independente chamado “Banda Ravelly- Envolvendo Você”, incluindo hits como: Meteoro, Estremece Rubi, Maciota Light, atração Pitbull e outros...

O Primeiro show da banda foi realizado na cidade de Paragominas-PA, no mesmo Réveillon do mesmo ano de 2007, na casa de show “Barone”.

E assim fizemos vários shows em outros estados como Maranhão, Amapá, culminando com a gravação do nosso primeiro DVD no dia 04 de Abril de 2008, na Cidade de Santo Antônio de Tauá-PA, com a ajuda do amigo e empresário Max.

Com a banda evoluindo e precisando abrir os leques para novos horizontes, buscamos a parceria de um velho amigo empresário no ramo de shows Flávio Feitosa, que já conhecia de minhas passagens pela banda “Tribos”, hoje nosso sócio e que com pulso forte tem nos ajudado a manter o trabalho no mercado e a vencer as dificuldades e armadilhas que o mundo da música tem, desta parceria, já fizemos muita coisa boa como por exemplo nossa ida aos estados da Bahia, Tocantis e Piauí, chegando a gravar um outro DVD na cidade de Açailândia-MA e que teve uma repercussão na região, nos incentivando a gravar recentemente um novo DVD, desta vez na cidade de Imperatriz do Maranhão, com o apoio do amigo Wagtonio Brandao (Empresário do Ramo) e da Rádio Nativa FM da cidade.

E é com este DVD que apresentamos ao mundo a força de nosso som. Som da terra do Uirapuru e Iara, da mata de Tupã, que ressoa num bumbo forte melody paraense. Das aparelhagens pro som da sua casa, assim é a BANDA RAVELLY.


Fonte:Dj Alberto, o comandante da Tecnomelody.com
--- ---