16 de fevereiro de 2011

Adolescente que estuprou menina de dois anos afirma ter sentido "tesão"


O adolescente de 16 anos que violentou uma menina de dois anos, na semana passada, em uma fazenda próxima a Sinop, disse em depoimento ao delegado de Polícia Civil Joacir Batista dos Reis, que sentiu “tesão” pela vítima. “Ele disse que deu banho na criança e quando colocou ela na cama sentiu tesão”, conta uma fonte na polícia.

O delegado encaminhou o depoimento do menor para o Ministério Público e aguarda o posicionamento dos promotores. O acusado continua detido em uma cela da Cadeia Pública de Sinop e aguarda a decisão da Justiça. A sociedade espera que as autoridades peçam a remoção do adolescente para uma unidade de internação de menores, em Cuiabá.

O jovem assumiu ter cometido a barbárie. O crime foi no dia nove deste mês, a tarde. O acusado, que era conhecido da família, se ofereceu para cuidar da criança enquanto a mãe foi ao supermercado comprar mantimentos. Sozinho na casa, ele deu banho na criança e depois amarrou pés e mãos dela com um fio de telefone.

O menor usou óleo de cozinha como lubrificante e preservativo para estuprar a menina. Quando a mãe da criança chegou em casa, se deparou com a cena. O menor então largou a vítima em cima da cama e fugiu, mas foi preso pela Polícia Militar ainda naquela noite. 


Por: Alexandre Alves
Fonte: Olhar Direto
--- ---