25 de fevereiro de 2011

A novela da VALE e as Empreiteiras Maranhenses


Por Nilton Sumiu
Açailandia - Falando da crise gerada entre a VALE, e as empreiteiras Maranhenses, existem de fato alguns pontos a serem abortados.

Pois segundo um alto funcionário de uma empresa contratada pela VALE, o mesmo disse que durante a execução de uma determinada obra, a fiscalização e constante, e aprova toda obra durante a execução.

Só no final, quando se estar para concluir quase os 100% de um determinado contrato, e que a VALE age de ma Fe! Pois e nessa hora que as empresas contratadas pela VALE, para fiscalizar as obras, procura colocar defeito nas mesmas.

Agora a pergunta, por quer será que a VALE não procura cortar o mal pela raiz, e tenta corrigir os eventuais defeitos antes da execução final do contrato? Qual seria a real intenção da VALE em deixar o contrato correr “frouxo” durante a execução? e só procurar corrigir os defeitos já no final do contrato.

Por quer será que a VALE, mesmo colocando defeitos em determinadas obras, mesmo assim, ainda usa as tais obras mal acabadas?

Se tudo se confirmar, agora entendemos o por quer de a vale ter um crescimento tremendo no mercado mundial, pois agindo desta maneira qualquer empresa cresce! Quero ver crescer e agindo com seriedade.

--- ---