COMPRE DIRETO DA CHINA SEM INTERMEDIARIO

2 de fevereiro de 2011

Tráfico de drogas via Sedex

Quase dois quilos de pedra de óxi, matéria-prima para a produção de pasta base de cocaína e crack, foram interceptados no início da tarde de ontem (31) por policiais do Grupo de Pronto-Emprego (GPE), de Belém, e da Superintendência de Polícia Civil em Marabá. A “encomenda” foi enviada via Sedex e recebida por um “mula” na agência dos Correios da Folha 32, Nova Marabá.
Elivelton Alves Ribeiro, 27 anos, foi pego em flagrante no momento em que saía da agência com a caixa turbinada de droga. A substância entorpecente saiu da cidade de Rio Branco, no Acre, com destino a Marabá. A droga está avaliada em R$ 36 mil, mas depois de beneficiada iria quadruplicar o valor, podendo render mais de R$ 100 mil, segundo a polícia.
Preso, Elivelton entregou que a droga estava destinada a Jardemilson Graciliano de Souza, o Pitica, 19 anos, dono de um bar Folha 20, Quadra 20, Lote 8, Nova Marabá. Nesse endereço, Graciliano também foi preso. Na casa de Pitica, os policiais também apreenderam aproximadamente 200 gramas de pedra de óxi, cinco petecas de crack e R$ 307 em espécie que seriam fruto da comercialização de entorpecente.
Finte: ctonline
--- ---

COMPRE DIRETO DA CHINA SEM INTERMEDIARIO