Politicos: Mocinho & Bandido

Por Nilton Sumiu
Açailândia - Aqueles que se dizem os donos da verdade, que não aceita ser criticados pelo seu péssimo desempenho a frente dos cargos que ocupa perante as autarquias publicas, na verdade só devem ter o rabo preso com alguma coisa de errada.

Ai você deve estar se perguntando, a culpa e dos políticos Em desviar verbas publicas? A resposta e não! Os políticos não têm culpa de nada! Pois a roubalheira, a certeza da impunidade, a certeza que os políticos têm que sempre vão encontrar algum "cafajeste" no judiciário para defende-los, é que faz com que os políticos roubem descaradamente.

Ninguém nasce corrupto, mais como o homem e um objeto do meio! Esse meio lhe ensina os caminhos tortuosos, que os levam a roubar, pois o Brasil já nasceu no berço da corrupção, desde o tempo do império! desde a época de Pedro Álvares Cabral.

Dizem que o pior cego, e aquele que não quer enxergar! E o que dizer quando uma câmara de vereador se faz de cega, surda e muda? E assiste de camarote, todo tipo de sofrimento vivido pela população de uma cidade do porte de Açailândia, fruto de uma administraçâo “pífia”, de políticos que não tem o mínimo compromisso com a coisa publica.

É nessa hora, que a população tem que tomar bastante cuidado, com os salvadores da pátria que surgem de uma hora pra outra, prometendo mundo e fundos, apenas de olho na galinha dos ovos de ouro, ou seja, prefeitura. E ao assumir o poder, se transforma de mocinho em bandido de colarinho branco.

Nos humildes eleitores, não temos bola de cristal para poder detectar quem é mocinho ou bandido! Mais e bom que saibamos separar o “joio” do trigo, e lembrar-se da velha frase, digas com quem tu andas que te direi quem tu ES.

Tecnologia do Blogger.