Professores do Município podem entrar em greve por reajuste salarial e rateio de dinheiro do Fundeb.

Fonte: Blog Wilton Lima Veja Aqui

SDC14637 Açailândia – Professores da rede pública municipal do ensino de Açailândia resolveram hoje (27) fazer uma paralisação de advertência e se reuniram em frente à Secretaria de Educação para reivindicar reposição salarial e forçar a prefeitura a estabelecer a forma do rateio do dinheiro do Fundeb que entraram nos cofres da prefeitura (extrato a baixo) no último dia 29, na ordem de R$ 2.747.130,46.
Essa receita faz parte de um ajuste do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica, referentes a 2010, mas que, segundo a FAMEM – Federação dos Municípios do Estado do Maranhão deverá ser contabilizada no exercício de 2011, obrigando os prefeitos a cumprirem com determinação legal que fazem com que todos os municípios dividam a aplicação desses recursos em 60% para pagamento da remuneração dos profissionais do Magistério da educação básica e 40% em despesas de manutenção do desenvolvimento do ensino.
segiomar_thumb10 O Secretário Municipal de Educação, Sergiomar Santos, sobrinho do prefeito, vem tentando dissuadir os professores dos seus direitos e convencer a população de que esta receita trata-se apenas de uma previsão e que precisa ser planejado durante todo o ano, o que é uma mentira deslavada, como pode ser comprovado pelo extrato anexo a essa matéria de que o dinheiro está disponível desde o dia 29/04/2011 – não tem nada pra ser planejado, é só entregar aquilo que é de direito do professorado.
Outro ponto de reivindicação da categoria é o reajuste do piso salarial dado aos professores de todo o Brasil, pelo MEC desde fevereiro, na ordem de 15.58%. Como esse reajuste nunca foi repassado aos profissionais do Magistério, em Açailândia, a perda da classe é muito maior, chegando a mais de 20%.
O Blog Wilton Lima  e o Programa Rádio Cidadão, da Clube Fm, acompanhou de perto toda a movimentação dos professores.SDC14647
A manifestação ocorrida hoje (27) foi apenas uma advertência, segundo os professores. Caso não sejam atendidos, a classe ameaça apresentar um indicativo de greve por tempo indeterminado.
FUNDEB~1
Tecnologia do Blogger.