Silvio Santos vai vender o Baú da Felicidade

Silvio Santos já acionou o mercado para se reerguer, depois da fraude bilionária que tirou o Panamericano de suas mãos. O apresentador começou a se desfazer de algumas das 30 empresas que compõem o Grupo Silvio Santos, uma delas, a cara do dono, é o Baú da Felicidade.
Em entrevista a Marina Gazzoni, do portal iG, o vice-presidente do grupo, Lásaro do Carmo Junior, confirmou que o plano de reestruturação inclui a venda do Baú, assim como da Braspag, passada para a Cielo nesta semana por R$ 40 milhões. "Queremos focar em apenas três segmentos que nos interessam”, afirmou.
Os segmentos, no caso, são comunicação, consumo e capitalização, nos quais a holding está presente com a Jequiti Cosméticos, com o SBT e 13 emissoras de televisão e com a Liderança Capitalização (que controla a Tele Sena).
A intenção é fazer negócio com o Baú num prazo entre 60 e 90 dias. Espera-se que a saída da empresa faça com que o grupo chegue a uma receita de R$ 2,3 bilhões ainda este ano. Quem conduz as conversas é o Bradesco BBI.
O Baú foi comprado por Santos em 1958, antes do nascimento do SBT. E atualmente é uma rede deficitária, dona de 137 lojas espalhadas por São Paulo e Paraná.
Fonte: Redação Adnews
Tecnologia do Blogger.