Três homens são presos por assassinato com requintes de crueldade: vítima teve partes do corpo decepadas e figado comido


Em depoimento acusado confessou que  retirou figado da vitima, assou o mesmo numa fogueira, e comeu como tira gosto! ainda ficaram chateado por que queria comer mesmo era o coração, so que nao encontraram.


A PM prendeu três acusados de matar o pedreiro Diosmar Rodrigues de Amorim, 25 anos, com requintes de crueldade. Segundo as informações preliminares a vítima teve seu corpo cortado (mãos e braços) e parte de seu fígado comido pelos autores.
Da Redação  
Lourenço BonifácioAcusados estão presos na 1ª DP em Palmas
Acusados estão presos na 1ª DP em Palmas
Um crime bárbaro, cruel e com prática de canibalismo. Paulo César Rodrigues dos Santos, 50 anos; Jailton Jesus da Cruz, 28; e Jacione Costa Dias, 20 anos, foram presos na noite desta segunda-feira, 22, por policiais militares do 6º BPM, acusados de matar, com golpes de facão, Diosmar Rodrigues de Amorim, 25 anos. A vítima teve seu corpo cortado (mãos e braços) e parte de seu fígado comido pelos autores.
Apesar de a prisão ter sido efetuada na noite desta segunda-feira, o crime ocorreu ainda no último sábado, 20, às margens do rio Tocantins. O corpo de Diosmar foi encontrado por um pescador, boiando, já à altura da Colônia de Pescadores do Taquari. Os acusados, além de comerem parte do fígado da vítima, cortaram-lhe o pênis.
O caso
De acordo com o 6º BPM, por volta das 18h30 desta segunda-feira, a viatura composta pelo ST PM Valber e o CB PM Anamom foi abordada pelo senhor Amadeu Rodrigues Lima, que informou estar havendo uma desavença entre ele e seus companheiros, e pediu que a viatura fosse ao encontro dos mesmos e resolvesse a contenda. Amadeu informou ter presenciado uma cena bárbara praticada por seus companheiros.
A testemunha levou a equipe até o local onde ocorreu o homicídio. Foram encontrados vestígios que comprovaram a veracidade dos fatos. A partir daí, houve o empenho também da equipe da Diagonal da unidade e do CPU para a localização e prisão dos acusados.
Após a prisão dos autores, todos foram encaminhados ao 1º DPC de Palmas, para os procedimentos cabíveis. (Da Assessoria da PM)
Tecnologia do Blogger.