Matador do tatuador Ciro Martins é preso em Redenção (PA)


Fonte:jornalcorreiopopular

Ciro Martins foi assassinado com três tiros no dia 22 de junho deste ano
Redação

Preso em Redenção, no Pará, na tarde desta sexta-feira (4) o segurança Ramon Mendes de Araújo, autor do assassinato do tatuador Ciro Martins. Ramon fugiu de Imperatriz em meados de agosto quando a polícia consolidou as informações que levariam ao pedido de prisão preventiva dele e do mandante do crime, o funcionário público George Sandes Gomes Melo, pai de George Aluízio Santiago Melo, um rapaz que dias antes havia sido cortado a estilete pelo tatuador.

O Delegado Regional de Segurança, Francisco de Assis Ramos, informou que o preso será recambiado para Imperatriz nas próximas horas. A prisão do acusado foi determinada pela juíza Cristiana de Sousa Ferraz Leite, da 1ª Vara Criminal. 

Conhecido tatuador com comércio informal na Praça de Fátima, Ciro Martins foi assassinado com três tiros no dia 22 de junho deste ano, na região conhecida por Buraco Fundo, próximo à Quinta do Jacó. Moradores vizinhos cruzaram um Celta vermelho que era ocupada pelos supostos matadores do hippie. A pista levou ao segurança e ao pai e filho, este ultimo vitima de um corte de estilete desferido por Ciro, que havia tomado um soco no olho direito. George Aluízio levou 20 pontos.

Ao ser preso na tarde desta sexta-feira, Ramon ratificou a acusação contra pai e filho.

Tecnologia do Blogger.