23 de junho de 2012

Patrol roubada na cidade de João Pinheiro-MG é encontrada na fazenda do prefeito Neném Mourão da cidade de Buriti-MA

Fonte: cburitiense.blogspot.com.br

Patrol apreendida na fazenda do prefeito.
Ação conjunta de inteligência das polícias civis da cidade de João Pinheiro-MG e de Buriti-MA, junto com o Ministério Público de Buriti, apreendeu, na manhã de ontem (19), uma Máquina Motoniveladora (Patrol) na Fazenda Porteiras de propriedade do prefeito Neném Mourão. 

 
A patrol, ano 2011, modelo New Holland, de chassi NAAS 06662, é avaliada em torno de R$ 480 mil, e pertencia a prefeitura de João Pinheiro, estado de Minas Gerais. De acordo com a denúncia formalizada pelo assessor de gabinete do prefeito de João Pinheiro, Frankio Lacerda Santiago, a patrol foi adquirida em parceria com o governo federal, que injetou R$ 450mil reais, e a prefeitura daquele município, complementou com R$ 30 mil reais.
De acordo com o depoimento do assessor, que falou com exclusividade com Correio Buritiense, a Motoniveladora foi furtada no Distrito de Canabrava, do município João Pinheiro-MG, no dia 27 de maio por volta do meio-dia e seguiu direto para Buriti-MA, aqui chegando no dia 30 de maio. De acordo com investigações de inteligência da polícia civil de João Pinheiro, os bandidos contrataram uma empresa de Bocaiuva-MG para transportar a máquina até Buriti. O que eles não imaginavam é que estavam sendo monitorados pela polícia daquele município, que inclusive, enviou os agentes civis Valmir e Henrique para busca e apreensão do furto à fazenda do prefeito de Buriti.
No momento da apreensão da Motoniveladora só estava na fazenda o caseiro.  Neném Mourão não foi localizado e, segundo as informações, estaria viajando desde as 10h da manhã de ontem (19). O prefeito teria, ainda, dado a ordem para esconderem a patrol. Na conversa que o assessor do prefeito da cidade mineira teve com o Correio Buritiense, ele disse que a patrol executou trabalho de 100h em obras nas fazendas do prefeito, segundo confirmaria o próprio operador da máquina, conhecido como Branco, que teria sido contratado em Coelho Neto para trabalhar operando a motoniveladora furtada.
Foi instaurado um inquérito policial, e o prefeito poderá ser enquadrado por receptação de furtos e roubos.
--- ---