Imagens chocantes: Indiano que se diz ser "Deus" é preso na India acusado de tortura contra crianças



Um homem hindu que se diz “sagrado” acabou preso acusado de tortura na Índia. As cenas de Jamun Yadav, de 50 anos, que afirma ser um semideus, chocam.
O indiano garante ter poderes curativos nos pés e, durante o tratamento, pisa em crianças doentes na cidade de Katihar.
Na delegacia, Jamun explicou: os seus poderes fazem que ele transfira energia divina para as solas dos pés.
“Isso é escandaloso e o prendemos. Os pais não tinham conhecimento dos detalhes do tratamento ao acertar tudo com ele”, disse um porta-voz da polícia.
E acrescentou: “Jamun disse que não precisa de advogado no tribunal, pois ele fala em nome de Deus.”
Tecnologia do Blogger.