De Gaulle tinha razão: O Brasil não é um país sério!!



Que o Brasil não é um pais serio disso todos nós sabemos! Que a justiça Brasileira faz questão de proteger os corruptos disso também somos sabedores! Pois não adianta nada, em se ter tantas leis e mas leis, e as mesmas não são colocadas em praticas, muitas menos respeitadas.

A lei da ficha limpa que foi criada através da pressão popular, para tentar “Banir”  políticos e gestores desonestos da vida publica, mas uma vez é uma prova real de que no Brasil nada a favor do povo é levado a serio! Basta o gestor desonesto ter um padrinho forte, que tudo se resolve de forma bem fácil nos porões da justiça.

Ao escrever esse texto, fico aqui recordando o trabalho em vão feito pelo Juiz coordenador da lei da ficha limpa Marlon Reis, onde o mesmo dizia; “não tem choro e nem vela, aquele político que disputar as eleições sub-judicie pode até tentar, mas dificilmente conseguirá levar até o final sua candidatura”.

É muito triste e comovente, ver o trabalho do Juiz Marlon Reis ir por água abaixo! Pois em um pais serio, as instituições judiciais seria as primeiras a apoiar essa idéia, e banir do cenário político, todos os gestores e ex- gestores ficha sujas! Contando  assim o mal pela raiz, e não lhe dando nem mesmo o direito de sairem candidatos.

Infelizmente o corporativismo, o apadrinhamento, faz com que políticos fichas sujas, consiguam serrem candidatos, e o que é pior, ainda encontram um jeitinho Brasileiro de se burlar as leis e serem diplomados.

Onde vamos parar? Pois só no Brasil mesmo o crime compensa! Que legado iremos deixar para nossas futuras gerações? Onde se tem todas as armas para coibir essas aberrações e fazem questão de não as usar-las.

Pelo que se percebem, as instituições Brasileiras tem que serem todas fechadas para balanço, não dar mas para continuar vendo tais instituicoes dando um tapa na cara da sociedade, e ambas fazendo uma autorização previa, para continuarem roubando os cofres públicos. Chega!!
Tecnologia do Blogger.