Açailândia vive um momento de incerteza



As entidades de classes, a câmara municipal de Açailândia, os empresários, os cidadãos comuns, ambos tem a obrigação moral de se manifestarem e com a máxima urgência, contra o caos administrativo implantado no municipio de Açailândia pela atual administração.
Passados quase (10) meses após assumir a prefeitura, pouco foi feito pelo atual governo municipal, se a atual prefeita não mudar sua forma de governar, ao final do seu mandato, o município de Açailândia corre um sério risco de se tornar ingovernável.
O governo municipal transformou o município numa república “evangélica”, nem mesmo assim, os pastores ou lideranças religiosas nomeados pela atual administração estão conseguindo ajudar a prefeita Gleide Santos a cumpri com suas promessas de campanha.
O que está acontecendo com esse “povo de Deus”? será que os mesmos são homens e mulheres de pouca FÈ? Ou será que os interesses individuais encontram-se acima dos interesses divinos? Pois quando se tem seriedade e FÈ, nenhum obstáculo atrapalha uma determinada caminhada.
A atual gestora só não faz uma excelente administração se a mesma não quiser, pois a prefeita de Açailândia tem o apoio da governadora do estado Roseana Sarney, do deputado estadual Hélio Soares, do deputado federal Chiquinho Escorcio, e até o apoio incondicional do senador Sarney.
Em (10) meses de governo, já era para a atual administração mostrar a que veio. É inadmissível, você ver o 3º município mais rico do estado, mergulhado em um futuro de incerteza, sem esperança no futuro, e sem a menor vontade política de se resolver os problemas que tanto massacra a população.
Se nada for feito, se a câmara municipal não se manifestar contra essa irresponsabilidade administrativa do atual governo, se as entidades de classes assim como os empresários, e cidadãos comuns também não ecoarem um grito de indignação, contra esta administração, o município de Açailândia irá entrar na maior crise financeira, nunca vista neste tão importante município do estado do Maranhão.
Tecnologia do Blogger.