Laboratórios terão que pagar para que seus representantes entre nas dependéncias do Hospital São Sebastião de Açailândia!!

Veja na integra a decisão tomada pelo diretor do hospital,  e enviada a todos os representantes de laboratorios.

Aos Senhores Representantes de Laboratórios.

Prezados Senhores:
01-Considerando o custo de implantação e de manutenção de uma                            unidade hospitalar como a nossa. Com uma carga tributária e conta de energia elétrica exorbitante.
 02-Considerando o aumento do fluxo de pessoas (Representantes) pelos corredores do Hospital.
03-Considerando o tempo que o médico dispensa aos senhores    representantes, (poderia estar atendendo pacientes particulares).
04-Considerando o uso de estacionamento bloqueteado, para seus automóveis, uso de energia elétrica para atendimento dos senhores, uso de utensílios (mesa, ar, limpeza  etc).
05-Considerando o alto lucro dos laboratórios com a venda de seus produtos farmacêuticos. Na maioria são multinacionais, que não tem compromisso se o Hospital vai ficar aberto ou fechado, se vai dar lucro ou prejuízo.
06-Considerando que em 22 anos de funcionamento, o hospital nunca criou nenhum tipo de  dificuldade para o acesso dos representantes as suas dependências.
07-Considerando que em 22 anos o Hospital nunca recebeu qualquer tipo de beneficio de qualquer laboratório, distribuidor ou farmácia.
08-Considerando que nas dependências do hospital não temos nenhuma farmácia que venda remédios ao público.
09-Considerando que todos os médicos  tem livre arbítrio para prescrever o remédio que lhe bem convier sem ter qualquer tipo de compromisso com qualquer laboratório.
10-Considerando que a farmácia do Hospital também não tem qualquer compromisso com laboratórios ou distribuidores de qualquer produto farmacêutico ou não.
 
RESOLVE:

01-Apartir de 1º de Outubro/2013, qualquer laboratório que quiser ter um ou mais representantes nas dependências do hospital, terá que contribuir com a taxa mensal de um salário mínimo (por laboratório).
02-Uma vez pago  a taxa, não haverá nenhum compromisso do hospital e/ou seus médicos de prescrever qualquer produto por melhor que seja; Nem dos médicos em receber quaisquer representantes (De qualquer Laboratório que seja).
03-O laboratório que entender que não deve pagar , não será permitido a entrada de seus representantes nas dependências do Hospital. Aí neste caso não haverá nenhum débito de Laboratório c/ o Hospital.
04-O pagamento poderá ser feito a vista na recepção do Hospital ou mediante depósito na conta corrente do Banco do Brasil. AG 1311-0 – C/C  25.641-2   em nome de Hospital São Sebastião Ltda.

Sem mais para o momento,

Respeitosas Saudações

Açailândia - MA, 19 de Agosto de 2013.



Dr: Petrônio Gonçalves dos Santos – CRM –MA 2018
Médico Diretor do Hospital São Sebastião
Açailândia-MA – Email: cristinapremoli@hotmail.com
Fone (99) 91232765
          (99) 82279707
Tecnologia do Blogger.