Autoridades dos EUA surpreendem diretor da TelexFree tentando fugir com US$ 38 mi

Pirâmides

Autarquia que controla o mercado de capitais no país conseguiu congelar os ativos da empresa e impediu que diretor fugisse com cheques

Carro com marca da TelexFree no estado do Mato Grosso
Carro com marca da TelexFree no estado do Mato Grosso (Ivan Pacheco)
Durante uma busca feita na sede da TelexFree em Marlborough, no estado americano de Massachussetts, policiais surpreenderam o diretor financeiro da empresa, Joseph Craft, numa tentativa de fugir com inúmeros cheques destinados aos donos da empresa, James Merrill e Carlos Wanzeler. O valor total da apreensão chegou a 38 milhões de dólares. A Securities and Exchange Comission (SEC), autoridade reguladora do mercado de capitais dos Estados Unidos, foi a autora do pedido de busca e apreensão. Segundo a SEC, todos os bens da empresa foram congelados, mas os valores são mantidos em sigilo pelo governo americano.

Autoridades americanas acusaram a TelexFree dos Estados Unidos de formação de pirâmide e fraude no início da semana passada. A empresa era o grande veículo de operação da matriz brasileira, também investigada por de formação de pirâmide, depois que suas operações locais foram bloqueadas pela Justiça do Acre. A TelexFree Brasil passou a ensinar aos chamados 'divulgadores', ou seja, as pessoas que aderiam ao esquema, formas de aplicar dinheiro na empresa nos Estados Unidos e obter ganhos. No início do ano, a TelexFree americana transferiu dinheiro ao Brasil por meio de patrocínio ao clube de futebol Botafogo. Depois do pedido de falência e das acusações, o clube alvinegro avalia retirar o logo da empresa da camisa.
O processo conduzido pela SEC acusa de fraude o americano James Merrill, presidente da empresa, e os brasileiros Carlos Wanzeler e Sanderley Rodrigues de Vasconcelos. Os quatro maiores divulgadores também não saíram ilesos no processo: Steven M. Labriola, Santiago de la Rosa, Randy N. Crosby e Faith R. Sloan. Craft, o diretor capturado em fuga, também é acusado de fraude.
Tecnologia do Blogger.