A CÂMARA FEDERAL E O JUIZ MARLON

Foi ridícula a reação da Câmara Federal contra o juiz maranhense Marlon Reis. Em nenhum momento os deputados "atingidos" disseram que o juiz mentiu. Disseram, apenas, que o juiz generalizou. Ora, num bando de mais de 500 membros é difícil nominar os bandidos, até porque são muitos. Se os analfabetos sabem de toda a molecagem que acontece no Senado e na Câmara dos Deputados, imagina os "letrados". Acho que vamos que ter que formalizar um acordo com a Câmara e o Senado para que se estabeleça um montante mínimo para a roubalheira. Se os trabalhadores têm um salário mínimo, vamos estabelecer, então, um mínimo para a roubalheira na Câmara e no Senado. Cada deputado e senador não pode roubar mais de R$ 40 milhões por mês, com exceção na Semana Santa e na Semana da Pátria, e nas dez semanas que antecederem esses períodos.
Tecnologia do Blogger.