Açailândia: Sem credibilidade, prefeita tenta executar reforma no mercado municipal, e comerciantes não aceita desocupar a area, por não acreditar que obra seja executada até o final do mandato da prefeita Gleide Santos.



Na manhã de hoje, dia 23 de janeiro, os concessionários, meeiros, herdeiros, legatários, proprietários de boxes do Mercado Público Municipal de Açailândia, em sua maioria absoluta, fecharam as portas das 07h às 10h, e se reuniram em uma manifestação pacífica em frente a Praça do Mercado.

 A manifestação buscava uma resposta sobre a desocupação do logradouro e a reforma imposta pelo governo municipal.

Na notificação enviada pelo secretário de agricultura aos comerciantes, não foi informada a fonte dos recursos para a construção, o valor orçado para a obra e não identifica a empresa que ganhou a licitação, informações que toda obra deve ter. 

Depois da concentração, os manifestantes seguiram para a Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural, onde continuaram cobrando explicações. No entanto, ao chegarem em frete a secretaria, não obtiveram nenhuma informação.

Segundo informações dos próprios funcionários da Secretaria de Agricultura, o então secretário Manoel Gomes Nunes, ainda hoje foi exonerado do cargo, em outras palavras foi demitido.

O vereador Canela participou da manifestação reafirmando seu compromisso de lutar em defesa dos direitos dos trabalhadores, prometendo continuar cobrando informações junto ao governo municipal.





Tecnologia do Blogger.