8 de abril de 2016

Solidariedade; Ajude nosso amigo Gilvan do Santa Maria...

Hoje o blog vem a público pedir a todos os leitores uma ajuda para ao senhor Gilvan Prado Reis, o conhecidíssimo Gilvan do Santa Maria Supermercado.

No momento o mesmo estar com a saúde fragilizada, ocasionada por diabete alta e sérios problema cardíaco, e para respirar, Gilvan estar usando uma garrafa de oxigênio durante 24 horas por dia, quem puder ajudar o senhor Gilvan Favor entrar em contato pelo telefone (99) 99188-6959, o telefone da esposa do mesmo, ou então se dirigir a sua residência que fica na RUA NOLASCO NEVES Nº 06 BAIRRO NOVA AÇAILÂNDIA PROXIMO AO SENAI.

Conheça um pouco da trajetória do senhor Gilvan Prado Reis, Para quem não sabe, o Gilvan por muitos e muitos anos foi gerente do supermercado Santa Maria, devido ao seu carisma e respeito com todos, se tornou uma figura bastante conhecida na cidade de Açailândia e região.

Com a morte prematura do professor Valdir da escolinha de futebol pé do atleta, Gilvan entra em sena, e assume mais esse desafio em sua vida, que foi o de dar seguimento ao brilhante  trabalho da escolinha de futebol Pé do Atleta, que com muita garra e força de vontade, tirou muitas crianças do mundo das drogas e da criminalidade, dando-lhe uma oportunidade e uma esperança de uma vida digna.

Após deixar o supermercado Santa Maria, o mesmo entrou para o ramo empresarial montando uma moderna panificadora ali no antigo prédio da panificadora Sul Goiás, do senhor Zé Pretinho onde hoje funciona a drogaria Pague Menos, devido ao agravamento e a fragilidade de sua saúde, Gilvan fechou o negócio,  e pôs um bom período de descanso, o mesmo retornou as atividades no ramo de serralheria, seu último negócio. Hoje com a saúde debilitada, sem poder trabalhar para seu sustento, o blog vem a público pedir ajuda de todos aqueles possa fazer esse gesto de solidadeiedade cristã.


Olhemos ao nosso redor e veremos inúmeras possibilidades de sermos úteis ao nosso próximo. Há tantos que necessitam de uma palavra amiga, um sorriso, um aperto de mão, um telefonema.

Há momentos em que uma mínima atitude da nossa parte pode ser essencial para devolver a alguém a coragem e a força para continuar na caminhada da vida. Não nos furtemos em prestar nossa solidariedade a quem quer que seja. Somos todos irmãos, filhos do mesmo Criador.

Hoje alguém está necessitando do nosso amor, do nosso carinho, da nossa amizade e da nossa compreensão, mas amanhã poderemos ser nós mesmos os necessitados.
--- ---