22 de julho de 2016

DETRAN CONFIRMA QUE VIDEO DA ENTAO DEPUTADA ROSANGELA CURADO BEBÁDA E VOMITANDO DURANTE BLITZ NA CAPITAL É VERDADEIRO

O vídeo que mostra de forma degradante e vergonhosa, a então deputada federal na época e pré-candidata prefeita de Imperatriz Rosangela Curado (PDT), bêbada e vomitando dentro do veiculo em via pública, durante uma blitz na capital. Mesmo contrariando seus apoiadores, que juram ser uma montagem, acaba de ser confirmado pelo Dentran-MA como verdadeiro.

Diante dos fatos, o blog deixa claro que não tem nada a ver com a conduta ou a vida pessoal da senhora Rosangela Curado, a quem inclusive o editor deste nem mesmo a conhece pessoalmente.


Já na questão do agente público, como no caso da então deputada, tem que ser debatido sim, para que todos tomem conhecimento da realidade, para depois não se arrependerem pelos restos de suas vidas.

Não importa a data do acontecido, o que importa é que a pessoa que foi pega durante a Blitz, na verdade era uma autoridade, e por ser autoridade, tinha o dever moral de ser um exemplo a ser seguido.

Embora a mesma se autodenomina evangélica isso prova que a questão religiosa não deixa ninguém superior ou melhor que o outro, afinal todos estamos propenso a cair, a errar, e depois bater a poeira e seguir em frente de cabeça erguida.

Antes de defenderem o indefensável, seria menos doloroso e mostrava auto-estima, a senhora Rosangela Curado reconhecer que é ser humana igual qualquer um de nos, ir a publico pedir desculpas a população, o que não pode é tentar confundir o povo quando na verdade o fato aconteceu.

Muito embora os órgãos fiscalizadores de transito tenham deixado tudo no anonimato, devido se tratar de uma deputada, a pergunta que não quer calar! E se o caso fosse com uma cidadã comum?  Que não tivesse a proteção da imunidade parlamentar, uma dona de casa comum por exemplo, será que esse mesmo órgão fiscalizador teria mantido tudo sobre sigilo? Claro que não.

Então caros leitores. Preste bem atenção na hora de escolher seus mandatários olhe bem sua conduta, seu passado, e analisem bem suas companhias, afinal diz o ditado, “diga com quem tu andas que te direi quem tu és”. Fica a dica.


--- ---