Pastora Bianca Toledo diz que marido é homossexual e o acusa de pedofilia: 'Fui enganada'

(Foto: Divulgação)
Ex-cantora e pastora chocou os seguidores com revelações sobre o marido em um vídeo publicado nas redes sociais
A pastora Bianca Toledo, conhecida por seus relatos sobre sua lenta recuperação após ficar meses em coma, em 2011, fez um desabafo que surpreendeu os fãs e seguidores nas redes sociais na madrugada desta terça-feira (5). "Eu fui enganada", disse a missionária.
No vídeo divulgado no Facebook, a pastora contou que descobriu que o marido, que também é pastor, é homossexual e está "atrelado com crime de pedofilia". Bianca afirmou ainda que o marido confirmou as acusações, tentou suicídio e agora está internado em uma clínica psiquiátrica.
Felipe Heiderich foi preso após abusar do próprio enteado de 5 anos, segundo revelou nesta quarta-feira (6), em plenário, o senador e pastor Magno Malta (PR-ES). Malta, que é amigo de Bianca, chamou Felipe de "falso pastor". De acordo com Bianca, Felipe foi levado para a penitenciária após pedido de Prisão do Ministério Público do estado. 
"Eu sempre fui muito sincera com vocês e no pior momento da minha vida não podia ser diferente. Todos estão perguntando o que está acontecendo, porque estou triste e abatida. Confesso que descobri coisas que não queria ter descoberto e num momento de confronto passamos por um momento muito difícil. Ele passou por uma tentativa de suicídio quando eu não estava em casa e está internado em uma clínica psiquiátrica. Na clínica psiquiátrica foi diagnosticado com psicose maníaco-depressiva, com neurose grave, múltiplas personalidades", afirma ela.
Ainda segundo Bianca, o marido admitiu ser homossexual: "Ele chegou a confirmar pra mim (...) e isso me fez querer cancelar esse casamento", relatou Bianca. Ainda no vídeo, a ex-cantora afirma que aguarda justiça e pediu que seus seguidores orassem por ela.  "Como mãe eu posso dizer que os últimos dias foram os piores da minha vida. Ele está atrelado com crime de pedofilia e eu estou aguardando a justiça do céu e da terra (...)", disse.
Bianca toledo passou por 300 transfusões de sangue e só conheceu filho após 6 meses
(Foto: Reprodução)
"A palavra de Deus diz que nos últimos dias muitos seriam enganados. Quando Deus me trouxe de volta ele disse que era pra eu avisar pra igreja que eu estava voltando, eu nunca imaginei sentir isso na minha pele. Eu fui enganada. Mas se essa é a minha missão, eis-me aqui. Infelizmente eu fui tocada por essa revelação, mas o senhor me livrou. E eu quero que a justiça seja feita", concluiu a pastora em seu desabafo.
Tecnologia do Blogger.