DAYANE LIMA NUTRICIONISTA

DAYANE LIMA NUTRICIONISTA

20 de dezembro de 2016

Inconformado com a derrota nas urnas, o ainda prefeito de Porto Franco faz de tudo para dificultar a administração do prefeito eleito Dr. Nelson.

Atual prefeito de Porto Franco Anderson Marinho vem tentando tumultuar a futura administração do Dr. Nelson
Sem compromisso com a população e com orçamento do município, Adersinho gera despesas e mais despesas para seu sucessor.
Nos últimos dias de seu mandato o prefeito Anderson Marinho Filho apresentou projetos de lei para apreciação da Câmara Municipal.
Onde pretende fixar em 30 horas semanais a jornada para os profissionais da enfermagem, que no município são Enfermeiros, Técnicos em Enfermagem, Auxiliar de Serviços de Saúde e Parteiras.
O segundo tem por objetivo instituir piso salarial de R$ 3.500,00 para os profissionais da Enfermagem no SUS de Porto Franco.
Uma proposta que sequer foi aprovada no âmbito federal, PL - 459/2015 que fixa piso nacional no valor de R$ 7.880,00.
Um verdadeiro desbaratino para quem em sua gestão constantemente pagava atrasado e desvaloriza os profissionais da saúde, bem como a população sem medicamentos e serviços de qualidade.
Tal ato além de ser inescrupuloso, é imoral, pois o mesmo sem compromisso com a população gera mais despesas para dificultar o atendimento ao povo.