31 de dezembro de 2016

Sensato: Cesar Costa toma posse na madrugada de hoje 01/01/17 como vereador de Açailândia

Vereador eleito Cesar Costa (PTC) vai presidir a seção solene da câmara municipal de Açailândia
A sensatez claramente demostrada por parte do vereador eleito Cesar Costa (PTC), que assume o mandato na madrugada de hoje 01/01/17. Demostra que o novo parlamentar tem convicção definida, e mostra amadurecimento politico por parte do mesmo.


Eleito dentro da coligação que elegeu o prefeito reeleito Juscelino Oliveira, o mais bem votado, com 1634 votos. Cesar Costa vai ter a missão de presidir a seção solene da câmara municipal, que vai dar posse aos vereadores eleitos, e depois a eleição para a mesa diretora.

Agindo com cautela, e demostrando cumprir os compromissos tanto com seus eleitores, bem como com seu grupo politico. Cesar Costa, diferentemente dos seus colegas vereadores eleitos no mesmo grupo, Caibim, Zelito, Adjakson e Evandro Gomes, se mantem leal, tanto ao grupo que o ajudou ser eleito, bem como aos seus eleitores.

Comenta-se nos bastidores, que para fugir de possíveis propostas financeiras, o grupo de vereadores denominado (G10), teria ficados “enclausurados”, ou seja, incomunicável, para não  "aceitar" possíveis “propostas financeiras”, se é que ela existiu?

Agora fica a pergunta; que confiança pode-se dar a indivíduos que para fugir de “possíveis tentações”, é obrigado a se esconder? Isso quer dizer então que caso não se escondessem, caso ficassem presentes, correriam o risco de aceitar as possíveis “ofertas financeiras”? Isso é muito estranho.

A população ver com desconfiança a posição do grupo (G10), uma vez que na hora de pedir voto, prometeram transparência e seriedade, e no momento que mais se precisa agir como tal, resolvem ficar no  anonimato. Principalmente no momento tão serio, como é o caso da escolha de mesa diretora da câmara municipal de Açailândia.

Por esse motivo, é que o vereador Cesar Costa (PTC), vai sair fortalecido de toda essa celeuma que se transformou a disputa, e com chances de ter um futuro politico longo e brilhante pela frente, já que seu comportamento se mostra uma pessoa coerente, leal, e que acima de tudo, o poder não lhe subiu  a cabeça.

Os componentes do grupo (G10) que se "rebelaram" contra seus próprios argumentos, tem que entender que o cargo de presidente de uma câmara municipal é coisa seria, não tem espaços para amadorismo politico.

Aqueles que foram eleitos pregando seriedade deveriam agir da mesma forma que vem agindo o vereador Cesar Costa (PTC), ou seja, procurando conquistar seu espaço com sabedoria e cautela, afinal de contas, politico tem que ter grupo. 


--- ---