9 de março de 2017

Nota de repúdio

Secretária de saúde  kerly Cardoso.
A secretária de Saúde do município de Açailândia Kerly Cardoso, vem a público, repudiar veementemente a atitude desumana e irresponsável, que aconteceu dentro das dependências da (UBS) Unidade Básica de Saúde do bairro Cikel, contra a enfermeira Amanda Bastos, coordenadora da unidade.


Kerly Cardoso reitera ainda, que esse tipo de comportamento não representa os profissionais da SEMUS de Açailândia, e que esse tipo de atitude não é tolerado dentro do orgão, e que motivo algum justifica tal fato, uma vez que existe um canal de dialogo aberto, para ouvi os problemas, e encontrar a solução dos mesmos.

No ultimo dia 06/03, a porta do consultório da coordenação da unidade foi arrombada, e subtraída do recinto documentos e material de trabalho da chefia da unidade. E logo depois, o jaleco da coordenadora apareceu todo picotado, possivelmente de tesoura.

Após o ocorrido, a coordenadora foi orientada a prestar queixa na delegacia de policia contra esse ato insano e imoral, uma vez que a mesma teve sua integridade fisica ameaçada, por atos anonimos praticados por pessoa, ou pessoas despreparadas para o trabalho em equipe. Ou mesmo, despreparado(a), para exercer a função de servidora ou servidor público.

Logo em seguida, a coordenadora de atenção Básica em Saúde do Município, a enfermeira Solange Camargo Bandeira, junto com a secretaria de saúde Kerly Cardoso, recebeu pessoalmente a Enfermeira Amanda Basto, vitima da tentativa de intimidação. E ambas, prestaram todo apoio, além de se comprometer em tomar todas as medidas necessárias para que a lei seja cumprida. Para que fatos como esse, não voltem a acontecer.

A secretária Municipal de Saúde informa ainda, que uma sindicância será aberta para identificar o responsável ou os responsáveis por esse crime de tentativa de intimidação.  E uma vez descoberto, haverá punição na forma da lei, respeitando o código de ética do servidor público.

Segundo ainda a secretária de saúde, será adotada um reforço na segurança da unidade de Saúde. “O que vamos fazer é reforçar essa segurança para evitar que fatos lamentáveis como esse não voltem a acontecer dentro do município de Açailândia”, disse Kerly Cardoso.
--- ---