18 de março de 2017

Secretário de Relações Institucionais de Açailândia representa prefeito Juscelino em reunião no BNDES no Rio de Janeiro.

No encontro que aconteceu no Rio de Janeiro os municípios que compõem o Consórcio COMEFEC, presidido pela prefeita de Vila Nova dos Martírios Karla Batista, conseguiu liberar recursos que estavam travados no Banco Nacional de Desenvolvimento Social.


A presidente do COMEFEC – Consórcio dos Municípios dos Corredores multimodais do Maranhão e prefeita de Vila Nova dos Martírios, Karla Batista (PSDB), liderou à caravana de prefeitos onde cumpriu agenda de reuniões no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (17/03), na sede do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES).


Representando a cidade de Açailândia, o prefeito Juscelino Oliveira (PCdoB) enviou para essa missão, o Secretário de Relações Institucionais do município, Fabrício Ribeiro.
O objetivo do encontro foi discutir a liberação dos recursos do Fundo para o Desenvolvimento Regional com Recursos da Desestatização (FRD), que há muitos anos estavam travados devido as inúmeras burocracias impostas pelo BNDES e o Governo do Estado. Após a reunião esses recursos foram liberados para os 22 municípios que compõem o COMEFEC.

Fundo FRD

O Fundo para o Desenvolvimento Regional com Recursos da Desestatização (FRD), do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), visa financiarprojetos de desenvolvimento regional e social em municípios situados na área de influência da mineradora Vale.

Objetivos do Consórcio COMEFEC

O objetivo da constituição do Consórcio é estabelecer a relação direta entre os gestores públicos municipais, com os órgãos Federais, Estadual e a mineradora VALE. Ao longo de 3 anos, o Consórcio já acumula conquistas, à exemplo da construção de barragens, recuperação de estradas vicinais, construção e reforma de escolas, unidades básicas de saúde (UBS), poços artesianos, quadra poliesportivas, além da aquisição de kits de irrigação, ambulâncias, e outros veículos. 

A presença do Secretario da Transparência Rodrigo Lago representando o Governador, nesta reunião de tremenda importância, muito contribuiu para o bom andamento dos trabalhos, pois o governo ratificou ao BNDES que esterecurso é das prefeituras que sofrem os impactos da estrada de ferro Carajás.