21 de maio de 2017

O drama continua: Familiares de turistas maranhenses reclamam da demora no traslado do corpo para o Maranhão

Familiares e amigos do casal Paulo Trajano e Rosália Bordalo, vitimas fatal de acidente de transito ocorrido no ultimo dia (16), na região de Mendoza na Argentina, vem a público pedir providencias urgente ao Itamarati, para que sejam transladados os corpos das vitimas ao maranhão.


Entenda o caso.
Paulo Trajano e Rosália Bordalo residiam em São Luís do Maranhão, e faziam uma viagem turística. Rosália iria fazer aniversario no dia seguinte (17).  Ao cruzar a região de Mendoza na Argentina, entre as cidades de Polvaredas e Uspallata, ocorreu um acidente do qual vitimou (4) cidadãos brasileiros, dentre eles estão Rosália e Paulo.

A família denúncia o  descaso e falta de interesse do consulado brasileiro em tomar providências, no sentido de se fazer o translado dos corpos das vitimas do acidente. Segundo Rosalma Bordalo, irmã de Rosália, a família não está tendo tratamento merecido por parte do consulado, o que vem causando apreensão e revolta por parte da família e amigos do casal.

Veja o desabafo de Rosalma Bordalo irmã da vitima; “Vocês não imaginam o quanto está difícil passaram os dias esperando seu corpo para nós despedimos e ainda passaram por um desgaste físico e psicológico atrás de informações sobre o andamento da situação e não conseguir. Deixo claro que NÓS familiares da Rosália Bordalo NÃO recebemos informações por parte do consulado da Argentina de imediato, somente hoje dia 20/05 EU Rosalma Bordalo consegui falar com a pessoa responsável pelo consulado da Argentina. Agradeço as pessoas que estão nos ajudando a trazer seu corpo”.

Nesse momento, o blog Açailândia de Fato, faz um apelo público as autoridades brasileiras, especialmente ao Itamarati, para que tome providências urgentes, no sentido de se fazer o translado dos corpos das vitimas do acidente, especialmente os corpos dos Maranhenses Rosália Bordalo e Paulo Trajano. 

Veja abaixo as fotos: