Haverá um dia em que todos voltaremos a ser felizes!

Será o dia em que "Rosinhas" voltar a ser apenas flores; "Garotinhos" apenas crianças; "Genuínos" serão coisas verdadeiras; "Serra" será apenas um acidente geográfico ou uma ferramenta; "Genro" apenas o marido da filha; "Lula" apenas um molusco marinho; “Neves” apenas um símbolo do inverno; e “Cabral” será lembrado por descobrir o Brasil. E então, não teremos mais nada a TEMER.

Alessandro Lo-Bianco.