23 de junho de 2017

Senador serviçal dos Sarneys, arquiva processo contra senador bandido.


Só podia ser mesmo um politico Maranhense, e justo ele, o serviçal do grupo Sarney, o senador Joao Alberto de Sousa (PMDB), que na maior cara de pau, mais uma vez envergonha o Brasil, ao arquivar no conselho de ética do senado, o processo de cassação do senador bandido Aécio Neves.


As provas são robustas, não tem nem o que se argumentar, é um crime atrás do outro. Em qualquer país que prese o mínimo pela seriedade, políticos desse tipo, não se pensava duas vezes, já teria perdido seu mandato e preso, para pagar pelos seus crimes.

E não espere mais nada, assim como fez o senador João Alberto, ao acobertar e puxar para debaixo do tapete a corrupção, apoiando um senador bandido, o Supremo Tribunal Federal também vai inocentar Aécio Neves. Afinal, a justiça brasileira se tornou um local para apoiar e acobertar  bandidos.

Estamos perdidos, a corrupção está generalizada, não tem mais jeito, o povo só vai ter paz um dia, quando toda essa geração politica corrupta que ai está, estiver  de "osso branco" debaixo da terra.

O povo não tem a quem pedir socorro, se vai ao judiciário é corrupção e corporativismo para todos os lados, a maioria dos políticos é do mesmo jeito, ou seja, corrupção, safadeza, bandidagem.

No meio de toda essa turbulência, em vez de pensar no povo, e dar uma resposta de que ainda existiria uma luz no fim do túnel, o senador Joao Alberto mais uma vez envergonha a todos, e arquiva o processo contra o corrupto senador Aécio Neves.
--- ---