27 de julho de 2017

Aldo Biodiesel leva projeto de Etanol de Batata-Doce a Rondônia, se no Maranhão Flávio Dino tivesse visão, e agisse como governador, o projeto já estaria funcionando e gerando emprego e renda no estado.

Etanol Social e Ecologicamente Correto: Rondônia sai na frente com a implantação da primeira usina no Município de Theobroma.
O município de Theobroma irá implantar sistema de Usina-Flex, para inserir a agricultura familiar na matriz energética compondo cadeia produtiva de etanol e ração animal, vindo da batata doce industrial tendo como opção outras fontes de amido.  
O governador Confucio Moura se reuniu nesta terça-feira (25) em seu gabinete no Palácio Rio Madeira em Porto Velho, com uma comitiva liderada pelo prefeito de Theobroma Claudio Santos onde foi apresentado o projeto para a instalação de uma usina de Etanol no município de Theobroma, tendo como matéria-prima a batata doce. A reunião contou com a presença do secretário municipal de agricultura Erasmo Vizilato, dos vereadores Cesar, Gilliard e Ronei, do Superintendente de Desenvolvimento do Estado, Basílio Leandro de Oliveira e pelo procurador da Opção Criativa- Empresa responsável pela elaboração do projeto, Sr. Marcos Aurério.
Empresário Aldo apresentando projeto ao governador.
Durante a reunião, o prefeito Claudio apresentou ao governador o pesquisador responsável por implantar o projeto do etanol no município de Theobroma, Aldo Marcos Silva, que veio da cidade de Tangará da Serra-MT acompanhado do técnico em usinas de etanol, Alan Django e do advogado tributarista Julio Cesar. O pesquisador de biocombustivo, Sr. Aldo explicou que o projeto é considerada um ícone de bioenergia, por garantir o etanol mais barato, devido ao baixo custo de produção e potencial energético gerado pelo amido do legume. “A batata doce tem diversas vantagens, como por exemplo, ser renovável e não gerar resíduos e queimadas, além do baixo custo de produção, praticidade no plantio e colheita.”
O cultivo da batata-doce possibilita também incrementar a nutrição animal, com o aproveitamento das ramas como fonte proteica, fortalecendo outras cadeias produtivas, como da carne e leite e também é muito forte para fazer rações de peixe, devido as proteínas. Para Silva, a cultura pode ser incrementada pelos agricultores familiares do município e região, melhorando a renda das propriedades rurais. 
A equipe de pesquisadores ainda debateram junto ao governador e o Superintendente de Desenvolvimento do Estado, Sr. Basílio, sobre os incentivos estaduais a serem disponibilizados para a usina. Segundo o prefeito Claudio, e prefeitura já possui a área para instalação da usina de etanol.
“Fiz questão de marca essa reunião com os senhores. Quero primeiramente parabenizar o prefeito Claudio Santos e aos demais vereadores pela ousadia e o compromisso com o povo de ir ao estado do Mato Grosso atrás dessa ideia da usina de Etanol”, disse o governador, lembrando que o país está em crise, mas nosso estado de Rondônia continua forte por causa da nossa agricultura.
Confúcio Moura também falou da importância do empreendimento para o município e para Rondônia. “A usina gera empregos, impostos e movimenta a economia local e posteriormente a do estado. O governo tem que estar ao lado dessas pessoas que promovem o desenvolvimento. Estou aqui para apoiar essa iniciativa”, afirmou.
“Tivemos uma reunião positiva, onde o governador Confúcio Moura nos atendeu muito bem e se mostrou muito interessado que o projeto da usina der certo, e colocou o seu secretariado de desenvolvimento, Basílio e a secretária-adjunta da Agricultura, Mary Braganhol, à disposição para ajudar no projeto. A equipe que vai montar a usina no município, também mostrou um grande interesse, devido aos vários benefícios da região. Trata-se de uma área com terra fértil e clima adequado, onde será também aproveitado os recursos do governo do estado em parceria com a prefeitura respeitando todas as condições ambientais necessárias”, disse Claudio Santos.
De acordo com os pesquisadores, a previsão é de que sejam investidos aproximadamente de R$ 3 a 10 milhões de reais na construção da usina, onde tudo vai depender da quantidade de litros  que vão querer fabrica por dia, onde segundo Silva está semana vão fazer uma pesquisa na região, para saber qual modelo de usina e mais viável.
Logo após a reunião com o governador o grupo foi até a sala da secretária-adjunta da Agricultura do Estado, Mary Braganhol, onde tiveram uma nova reunião, onde a secretaria também mostrou interesse na usina. Onde foi comentado que o governo estadual poderá investir até 40% do valor da usina, sendo que os 60% restantes poderá ser compradas por empresas privadas, produtores rurais, associações, entre outros. 
Fonte: Prefeitura Municipal de Theobroma. 
O prefeito de Açailândia Juscelino Oliveira tentou a viabilização do projeto de Etanol Social de batata-doce para o município de Açailândia, chegou a encomendar o estudo de viabilidade técnica junto à empresa Aldo Combustível, o estudo foi aprovado.
 Veja a   postagem  clicando  AQUI.
 veja ou postagem clicando   AQUI
O projeto está parado, devido à falta de interesse do secretario de indústria e comércio Simplício Araújo, e o próprio governo Flavio Dino, ao não demostrar se quer o interesse de ao menos conhecer o projeto.  






















--- ---