17 de novembro de 2017

Conversas gravadas pela PF deixam claro que Carlos Lula sabia de todo o esquema

Durante a investigação da Polícia Federal sobre os desvios de recursos públicos da Saúde do Maranhão, o secretário Carlos Lula foi grampeado e através das conversas transcritas nos documentos da Justiça Federal é possível verificar que o titular da SES tinha conhecimento de tudo que ocorria. Nos diálogos, o advogado se mostra surpreso com o tamanho da corrupção no Governo Flávio Dino, porém nada fez para impedir a continuidade do crime como já declarou a superintendente da PF no Maranhão.

Em um dos diálogos, Carlos Lula conversa com Benedito Carvalho, um dos diretores do ICN, e na oportunidade é explicado como funciona o pagamento. O secretário de Saúde escuta atentamente e até chega a pedir detalhes de como era operacionalizado o esquema, porém nada fez para interromper o desvio de recursos.
Confira os diálogos a seguir:


--- ---