7 de novembro de 2017

Decretada intervenção no PSDB/MA: Brandão sai e Roberto Rocha é o novo presidente


O presidente nacional do PSDB, Tasso Jereissati, reuniu com senadores do partido no início da noite desta terça-feira e, pressionado, decidiu decretar a intervenção no diretório estadual do Maranhão. A decisão deve ser publicada à meia-noite desta quarta-feira no Diário Oficial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O presidente do PSDB, no Maranhão, vice-governador Carlos Brandão, confirmou a informação a O INFORMANTE, mas disse que ainda não foi notificado. Deixou claro, porém, que quando isso acontecer, irá recorrer à Justiça.

No início da tarde, em entrevista a um correspondente de O INFORMANTE em Brasília, Jereissati disse que ainda estudava a possibilidade de uma intervenção, mas que ela não estava garantida. “Ele não garante que haverá intervenção, mas estuda a possibilidade”, disse o correspondente depois de conversar com Tasso.

Na noite desta segunda-feira, representantes dos dois lados estiveram reunidos em Brasília com o presidente do PSDB: o lado do senador Roberto Rocha e o lado do vice-governador Carlos Brandão, com a presença de Tasso Jereissati. “Tasso botou na mesa os dois lados e estuda a possibilidade de uma intervenção, mas não garante que haverá essa intervenção”, disse o correspondente, em contato com O INFORMANTE.

No início da noite, a maioria dos senadores tucanos procurou Tasso Jereissati e o pressionou a tomar uma decisão. O líder tucano cedeu à pressão e decidiu intervir no diretório estadual, destituindo o presidente Carlos Brandão e nomeando uma comissão provisória, presidida pelo senador Roberto Rocha. O ex-prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira será o secretário-geral da comissão provisória.

--- ---