16 de novembro de 2017

Ex-prefeito ligado a Weverton Rocha também é preso em operação da Polícia Federal

Comentário do Blog.
"Por isso que a saúde do Maranhão continua na UTI, existem municípios que tantos os hospitais, bem como as UPAs, estão preste a fechar as portas por falta de apoio e recursos vindos do governo do estado. Também não é para menos, muda-se de governo mais as velha praticas de roubar continua. o Maranhão literalmente não leva sorte mesmo.  E pensar que indivíduos como  esse tal Werverton Rocha, mais sujo do que pau de galinheiro, e esse outro pilantra chamado Valdir Maranhão, ainda quer ser senador. E o pior de tudo, apoiado pelo governador Flavio Dino, o defensor de bandidos".

Leia a postagem.
Além de Rosângela Curado (PDT), outro aliado do deputado federal Weverton Rocha (PDT), foi preso na Operação Pegadores da Polícia Federal nesta quinta-feira (16), no Maranhão. O ex-prefeito de Amarante, Marconi Duailibe, é proprietário da H M Duailibe Gomes LTDA e da Ceanest, ambas empresas beneficiadas em esquema fraudulento na gestão da ex-subsecretária Rosângela Curado.
De acordo com relatório da Polícia Federal, Marconi e Rosângela fizeram parte de um beneficiamento de contratos que favoreceu as empresas do ex-prefeito de Amarante. Além da prisão temporária de Duailibe foi solicitado o bloqueio de bens no valor de R$35 mil.
Marconi Duailibe é apontado por ser um dos principais financiadores da pré-candidatura de Weverton Rocha ao Senado, financiando seus deslocamentos por meio de aeronaves.
A aproximação dos dois é nítida, tanto que Weverton Rocha chegou a levar o ex-prefeito para conhecer o ex-ministro do Trabalho e Renda, Manoel Dias (PDT), ainda no ano de 2013.

--- ---