19 de novembro de 2017

"Procuro meu pai em Açailândia, que não vejo a 17 anos"

Me chamo Jully Gabriely moro na cidade de Breu Branco interior do Pará. E hoje tomei uma decisão importante decidi mas uma vez tentar encontrar meu pai.

Há 17 anos venho tentando através da mídia, de cartas, de programas de televisão encontrar ele.

Meu pai por sua vez não sabe nem que existo, minha mãe que se chama Maria Dilma Alves de Lima, também perdeu contato com ele,  e nem ela mesma sabia da minha existência na época.

Sei poucas coisas a respeito do mesmo, sei que seu primeiro nome é Alberto, apelido "Jesus", e uma empresa que ele trabalhou no ano de 1999 por nome de Expresso Rápido Açailândia, meu pai era motorista nessa empresa e tinha na época por volta dos 28 anos.

Ele residia  em Açailândia, desde então nunca, mas minha mãe soube notícias ou muito menos contato dele.

Peço a vocês que possam me ajudar, pois creio muito na velocidade da mídia digital que tem a Internet, acredito que pra muitos não é nada, mas para mim seria de grande valia encontrá-lo.



Se você conhece o mesmo, lhe peço por favor, entre em contato comigo, através do seguinte e-mail gabriellyjully70@gmail.com ou pelo telefone (94)99245-8179 agradeço desde já, Deus te abençoe. 
--- ---