Delegados denunciam Governo do Maranhão por prática de trabalho análogo à de escravo ao MPT

Os delegados do Maranhão através da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Maranhão – ADEPOL/MA – fizeram uma grave denúncia ao Ministério Público do Trabalho. De acordo com os denunciantes, o Governo do Maranhão vem praticando a imposição de prática de trabalho análogo à condição de escravo, que inclui jornada excessiva de trabalho, abuso de autoridade e assédio moral.

O documento foi protocolado na sexta-feira (27), no gabinete do Procurador-Chefe do MPT/MA, Maurel Mamede Selares. Os delegados pedem que providências sejam tomadas em relação as denúncias feitas no documento, para que as práticas semelhante ao regime de escravidão sejam suspensas e garantam o bom serviço público por parte da categoria.










Tecnologia do Blogger.