O crime não compensa: Lula colhe o que plantou!

A prisão do ex-presidente Lula, serve como um sinal de alerta a todos os políticos brasileiros, e é um recado de que ninguém está acima da lei. A ganância pelo dinheiro fácil, transformou a vida do ex-presidente em um verdadeiro “inferno”.


Por mais que o ex-presidente tivesse boas intenções, sua ambição falou mais alto, querer ser melhor do que todo mundo, não respeitar ninguém, se achar acima do bem e do mal, isso foi um grande erro cometido pelo ex-presidente. E para Deus, não existe espaço para mentiras, falcatruas, espertezas.


O ex-presidente teve todas as chances de se defender das acusações a si impostas, assim com teve a chance de pedir perdão ao povo brasileiro, reconhecer seus erros, mas não o fez. Lula preferiu tentar transformar varias mentiras em verdade.

Mesmo diante de um tribunal onde a maioria foi indicação petista, o ex-presidente teve todos os recursos negados. Tanto  no Supremo Tribunal Federal (STF), assim como no Superior Tribunal de Justiça (STJ).  Isso é uma prova de que os crimes são graves. 

Para se ter uma ideia da seriedade e isenção sobre os processos do juiz |Sergio Moro, no tocante aos crimes praticados pela  organização criminosa que o ex-presidente liderava, não foi encontrada nenhum erro nos processo judiciais elaborado pelo Juiz.

“Quem planta ventania, colhe tempestade” e o ex-presidente que sempre se gaba de suas espertezas, está só colhendo o que  plantou. 

Hoje, o ex-presidente é digno de pena, podendo ter uma velhice tranquila, vai levar para sempre consigo a sina, de ser o primeiro presidente do Brasil e ser preso por corrupção e lavagem de dinheiro.
Tecnologia do Blogger.