Secretarias Assistência Social, Saúde, e educação, inicia a “Semana de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes”.


A Prefeitura de Açailândia, Secretaria de Assistência Social e o Grupo de Monitoramento, iniciaram na manhã desta segunda-feira,14, na Câmara Municipal de Açailândia, a “Semana Municipal de combate à violência contra às crianças e adolescente, que vem com o tema: “Ás vezes o silêncio é um pedido de “SOCORRO” que poucas pessoas escutam”.




A abertura do evento contou com a presença do promotor da infância e da juventude Dr Gleudson Malheiros que fez o pronunciamento oficial. Houve também a apresentação das autoridades presentes, secretários, em seguida aconteceu a execução do Hino Nacional Brasileiro, o de Açailândia. Durante toda a semana, várias palestras relacionadas ao tema serão ministradas por autoridades competentes e de conhecimentos abrangentes aos vários tipos de violência. Consta também na programação distribuição de panfleto no centro comercial de Açailândia, na Av. Dorgival Pinheiro de Sousa, bem como na Praça do Patizal da Vila Ildemar, além de palestras nas escolas que será direcionada aos alunos, professores, gestores, associações e outros. Uma grande caminhada pelas principais ruas de Açailândia, vai encerrar a programação na próxima sexta-feira,18.

A campanha ou Semana de Enfrentamento à violência se baseia no Projeto de Lei 001 de 16 de maio de 2011, aprovado por unanimidade ela Câmara Municipal de Açailândia, que torna a adolescente MARIA MARTA DA SILVA BEZERRA, símbolo do enfrentamento à violência contra às crianças e adolescentes no município.

A época, o projeto foi de autoria da então vereadora Fátima Camelo, ocasião em que foi apresentado à Casa de Leis atendendo à solicitação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Maria Marta aos 17 anos desapareceu da Praça da Bíblia depois de sair da Escola Antonio Carlos Galletti, onde cursava o 2º. Ano do ensino médio e sonhava em ser estilista. Ela foi violentada e em seguida assassinada. O seu corpo só foi encontrado uma semana depois numa estrada vicinal próximo à localidade conhecida como “Colônia”. O crime ocorreu em 2004.
ASCOM-PMA – Antonio Maria

Tecnologia do Blogger.