Etanol feito com Batata-Doce ou Milho é uma solução viável diante da crise dos combustíveis.

Nova Usina Flex Instalada em JUINA-MT, Capacidade de 10 mil litros de Etanol por dia..

Uma solução ecologicamente correta, pois não agride o meio ambiente, além de ser viável economicamente, em tempos de preço alto de combustível, e diante de uma crise futura no abastecimento, pode ajudar a alavancar a economia de vários municípios Brasileiros, na geração de emprego e renda pelo Brasil afora.


Os investimentos para se implantar uma Usina Flex, pode ser feito tanto pelo setor público, que beneficia diretamente a agricultura familiar. Assim como pelo setor privado, onde ambos vão beneficiar a cadeia produtiva, para abastecer a usina com a principal matéria prima, que é a batata-doce industrial, ou milho.

Além do setor público, é uma nova oportunidade de investimentos para empreendedores e investidores de visão do setor privado. Pois uma usina Flex, produz tanto Etanol com Batata-Doce ou milho, além de biodiesel com cebo animal, e requer pouca terra para se manter uma usina desse tipo em operação.

Além da produção do Etanol Social, que por sinal já ganhou até mesmo um Selo de qualidade emitido pela Agencia Nacional do Petróleo (ANP), automaticamente, tem que se montar paralelamente uma indústria de ração animal, pois o subproduto é proteína pura.

Só para se ter como base, uma Usina de Etanol Social igual essa da foto, que está instalada em JUÍNA-MT, produz até 10 mil litros de combustível por dia, e necessita apenas de 200 hectares de área plantada. Além disso, o futuro investidor dispõe de linha de credito junto aos bancos para montar qualquer usina flex.


Caso queira receber  informação a cerca do projeto, gentileza entrar em contato com Nilton Sezar, pelo seguinte telefone: Zap (99) 99122-7528.

Tecnologia do Blogger.