Candidata ao governo do Maranhão pelo (PSL) Mauro Jorge, cumpre com a palavra, e não se curva diante de assédio politico inconsistente.



Ao tentar captar para compor uma possível chapa ao governo, junto com o (PSDB), o ex-prefeito de Imperatriz e secretario geral da legenda Sebastião Madeira, teria ficado  "perplexo" e sem "palavras", quase que de "queixo caído", com a resposta franca e inteligente da candidata ao governo do Maranhão pelo (PSL) Maura Jorge.


“Doutor Madeira, não posso recuar da minha candidatura do Governo. Sofri muito para chegar aqui. E que nessa caminhada, sempre converso com Deus, e ele tem me incentivado a prosseguir na minha luta, e eu não o posso decepcioná-lo”.

Foi exatamente com essas palavras, que  a líder  Maura Jorge candidata ao governo do Maranhão pelo (PSL), apoiada por Jair Bolsonaro, se livrou do assedio politico feito pelo ex-prefeito de Imperatriz e candidato a deputado federal Sebastião Madeira (PSDB).

Com essa atitude, a candidata oficial do Jair Bolsonaro no Maranhão, demostra que não estar para brincadeira, e derruba todas as insinuações, inclusive com vários  Fake News, implantado tanto pela família Sarney, bem como pelo  covil comunista, liderado pelo porra louca do governador Flavio Dino.

Diante do argumento, inspirado na orientação do Criador, Sebastião Madeira jogou a toalha.

Apoios ouvi o gesto de seriedade da candidata ao governo Maura Jorge, o ex-gestor de imperatriz teria se saído com essa.

“É querida Maura, fiz o que pude para tê-la como aliada, mas eu não posso concorrer com Deus. Seria muita pretensão da minha parte”. Disse Madeira.

E foi embora sem a pretendida aliada.

Tecnologia do Blogger.