Pessoas agressivas não representam o capitão



Nos últimos dias, parece estar sendo posta em prática mais uma estratégia suja para tentar manchar a imagem de Jair Bolsonaro. Reparou como, após a votação espetacular no primeiro turno, começaram a surgir notícias, dizendo que apoiadores de Bolsonaro teriam agredido e, até mesmo, matado eleitores que se opunham a Jair? Imagens antigas de manifestações nazistas estão sendo publicadas como se fossem atuais e tivessem alguma relação com o momento em que vivemos.

Nossos adversários tentam associar essas atitudes criminosas a Bolsonaro injustamente, já que elas não representam os valores do Capitão! Muito pelo contrário: a violência é um dos problemas que ele mais combate.

Já cuspiram nele, jogaram purpurina, xingaram, caluniaram e, como se isso já não fosse desrespeito suficiente, o esfaquearam. Em todas essas situações, Bolsonaro não revidou com violência, mas se manteve dentro dos limites do debate. Esse é o exemplo que nosso Capitão transmite.

Infelizmente, algumas pessoas, entre as milhões que o apoiam, podem ter passado dos limites e praticado o que nosso Capitão condena. Para elas, não há conivência: "Dispensamos voto e qualquer aproximação de quem pratica violência contra eleitores que não votam em mim. A este tipo de gente, peço que vote nulo ou na oposição, por coerência, e que as autoridades tomem as medidas cabíveis, assim como contra caluniadores que tentam nos prejudicar", é o que diz Jair.

Estamos nos aproximando do grande desafio das urnas, por isso, não podemos permitir que tentem desonrar o nome de Jair. Ele é, agora, a única oportunidade de vivermos em um Brasil melhor. Ajude-nos a combater as mentiras que disseminam contra o Capitão.
Tecnologia do Blogger.