O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de Açailândia realiza ação alusiva ao Janeiro Branco


O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) vinculado à prefeitura de Açailândia, através da secretaria de Saúde do Município, em parceria com o instituto Veneza, realizou na manhã da ultima sexta-feira 25 de janeiro, uma caminhada pelas ruas do centro de Açailândia.


Na oportunidade, servidores e colaboradores estiveram visitando os estabelecimentos comerciais, entidades públicas e privadas, no intuito de sensibilizar a população sobre a importância do Janeiro Branco, mês de prevenção e cuidados em saúde mental e emocional.

Por onde passou, a equipe de profissionais do CAPS foi muito bem recebida pela população, que ouviram atentamente os profissionais, que de uma maneira objetiva, puderam levar uma mensagem sobre a importância da campanha educativa de prevenção.

"Ações como essa do CAPS, se tornaram rotina nas atividades diária da Secretaria de Saúde, e tem todo apoio do prefeito Juscelino Oliveira, bem como da secretaria de saúde Kerly Cardoso". Disse a coordenadora do CAPS enf. Claudia Fonseca.

O que é o Janeiro Branco?

"É uma campanha criada e promovida por psicólogos com o propósito de convidar a população a discutir a importância do cuidado com a saúde mental em busca de mais felicidade e qualidade de vida. O mês de janeiro foi escolhido, pois representa, simbólica e culturalmente, um mês de renovação de esperanças e projetos na vida das pessoas. Muitas vezes, ao fim de cada ano, fazemos avaliações de como foi o ano que passou e de como queremos que o próximo seja, e a campanha propõe o debate e o planejamento de ações em prol de sua saúde mental. Com a campanha pretende-se difundir um conceito ampliado de saúde mental e saúde emocional, como um estado de equilíbrio."

Qual a importância da conscientização?

"A conscientização se faz imprescindível uma vez que os cuidados com a saúde mental ainda são alvo de preconceito. Atualmente, vivemos em um período em que hipervalorizamos as aparências. Buscamos aparentar que estamos sempre bem, e buscar ajuda profissional poderia ser um sinal de fraqueza. Além disso, o pouco conhecimento sobre o que é, e para que serve a psicologia, apenas aumenta este preconceito. Cuidar da saúde mental é autoconhecimento, é evitar doenças e criar estratégias de como lidar com as diversas situações da vida."

Quando devemos começar a nos preocupar e a cuidar da nossa saúde mental?

"O que levará cada pessoa a buscar ajuda profissional é muito particular, já que cada pessoa vive e interpreta experiências de modo particular. Porém, o principal sinal de alerta é quando percebemos que, por algum motivo não estamos nos sentindo bem. Muitas vezes somos consumidos por estresse, tristeza, dificuldade nas relações, desânimo; e a terapia pode ajudar a nos sentir melhor e a descobrir como lidar com tais dificuldades. A terapia apenas nos enriquece como pessoa. Nos ajuda a lidar melhor com os outros, com o mundo e principalmente com nós mesmos. Aprendemos a superar nossas dificuldades, e principalmente, a identificar e aprender a lidar com nossas emoções."

Para quem a campanha é direcionada?

"Para a população de um modo geral. Quanto mais pessoas tiverem conhecimento, maior será o debate e desconstrução de ideias erradas sobre terapia e cuidados com a saúde mental", finaliza Claudia Fonseca.





Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.