Senadora eleita pode perder o mandato por ter usado estrutura de Igreja Evangélica do Maranhão


Eleita senadora pelo Maranhão usando a estrutura da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, Eliziane Gama pode ter seu mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por abuso de poder econômico. 

De acordo com trechos do documento da denuncia feita pelo Partido Verde (PV), quem se utiliza da posição de visibilidade perante seus fiéis, para pedir votos em favor de terceiros, comete crime eleitoral de Abuso de Poder Econômico; o crime está disposto no artigo 24, VII, da lei de nº 9.504/97.

Além da Igreja Evangélica, Eliziane Gama teve também a seu favor a maquina pública do falido estado do Maranhão, onde seu apoiador principal foi o traidor e perseguidor comunista, o ditador Flávio Dino.

Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.