Novo Matadouro público de Açailândia: Terceirização um mal necessário

Temos visto alguns membros da imprensa, tecer criticas no tocante a demora da inauguração do novo matadouro público do município de Açailândia. Só que quando se analisa a situação do ponto de vista técnico, se tem outro entendimento, entenda o porquê.


Até pouco tempo atrás, esse blogueiro que hora escreve, era totalmente contra o município de Açailândia terceirizar as operações do referido matadouro público. 

Só que em contato com uma pessoa entendida no assunto, o mesmo nos fez entender, e a mudar radicalmente nosso pensamento anterior, e a passar a defender a Parceria Publica Privado (PPP).

Na conversa com a pessoa que realmente conhece da área, o mesmo disse o seguinte: “Ali não é mais um simples matadouro, é sim um frigorifico, e até por questões técnica/operacional, o município não tem condições de manter o funcionamento por pura questão burocrática.

E seguiu dizendo: “Já pensou se o município resolver operar o matadouro? ai quebra um rolamento de uma maquina, nesses casos, o município teria que passar por toda burocracia do processo de licitação, até lá, o matadouro iria ficar parado, podendo haver até desabastecimento no mercado local”.

Diante da conversa com essa pessoa, foi possível entender que realmente o município de Açailândia tem que fazer  mesmo é uma Parceria Publica Privada (PPP).

Para isso, abre-se um processo de licitação, e ganha à concessão aquela empresa que tiver condições técnica, comercial, e financeira para tocar o empreendimento. Simples assim.

Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.