Senador Roberto Rocha faz parte da comitiva do presidente Jair Bolsonaro ao Estados Unidos

O senador Roberto Rocha (PSDB/MA), faz parte da comitiva do presidente da república Jair Bolsonaro, em sua visita aos Estados Unidos. Rocha tem sido um parceiro importante do governo de Jair Bolsonaro.

Durante audiência na Casa Branca  hoje terça-feira (19), o presidente Jair Bolsonaro fez questão de agradecer o apoio do senador maranhense no tocante ao acordo entre Brasil e Estados Unidos, pela exploração comercial da base de lançamento de Alcântara.

O senador Roberto Rocha é um incansável quando o assunto é promover o desenvolvimento do estado. Diferente do governo comunista Flavio Dino e seu grupo político, que tem prejudicado e muito o povo maranhense com a administração truculenta e irresponsável.

E quem é Roberto Rocha?

O senador Roberto Rocha dentre muitas batalhas, é o autor do projeto que cria a Zona de Exportação do Maranhão (ZEMA). O projeto vai transformar a ilha de São Luís em uma área de livre comércio para exportação, permitindo a instalação de empresas voltadas para a produção de bens e serviços a serem comercializados no exterior. 

“Estamos tirando proveito da localização estratégica de São Luís que tem o melhor porto das Américas. Se a Riachuello quiser fazer uma fábrica de confecção nos moldes que já tem no Paraguai e em Singapura, ela poderá fazer com incentivos econômicos no Maranhão para o mercado internacional. O Brasil não perde, pelo contrário, gera empregos do estado e promove o desenvolvimento regional”, explicou o senador Roberto Rocha.

A relatora à doc, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) disse que o projeto é importante para o desenvolvimento do Nordeste. “Estamos debatendo algo que não diminui a arrecadação do Estado. É permitir que indústrias e empresas possam se instalar com incentivos e redução de tributos para geração de novos postos de trabalho e melhoria na qualidade de vida de uma região brasileira que necessita de incentivos como os concedidos por esse projeto para se desenvolver”, defendeu. 

Quando aprovada, se não houver recurso, a matéria segue para deliberação na Câmara dos Deputados.




Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.