E agora senadora? No congresso e na igreja ela é toda “certinha” já no campo político nem tanto.


Diálogo mostra que Eliziane se comprometeu, mas não pagou dívida desde 2016.
Conversas obtidas pelo Blog do Neto Ferreira mostram a senadora Eliziane Gama (PPS) tratando de uma dívida de campanha eleitoral por meio do aplicativo de mensagens WhastApp. O diálogo se dá entre a parlamentar e o dono da Gráfica SP LTDA – ME, identificado como Maurílio em meados do ano passado.

Diante da recusa do pagamento da dívida de R$ 165 mil contraída por Gama durante as eleições municipais de São Luís, a Justiça determinou um prazo limite para que o débito fosse sanado. Caso fosse descumprido, os bens de Eliziane teriam que ser penhorados.

Em uma das muitas tentativas de obter o valor devido, o dono da empresa entrou em contato com a senadora que prometeu pagá-lo, mas não cumpriu com o prometido.

Eliziane chegou a colocar o marido para resolver a questão, porém nada foi solucionado e a dívida se arrasta.

“Ele está na agência ainda. Espere mais um pouco aí. (…) Maurílio, o dinheiro não creditou mesmo porque o pagamento foi feito ontem apenas. Todos os débitos dele ele está colocando para segunda sem falta. O gerente fez de tudo para pagar hoje, mas não conseguiu. Entra só meia noite mesmo. Na segunda com sem falta na agência ele paga. Espere até segunda, por favor”, disse a senadora ao ser cobrada.

Entenda o caso

A senadora Eliziane Gama contraiu uma dívida de campanha com a Gráfica SP LTDA – ME, localizada em Teresina, no valor de R$ 165 mil em 2016. À época, a congressista era candidata a prefeita de São Luís.

O débito se arrastou por anos e foi parar na Justiça, após inúmeras tentativas da empresa piauiense de obter o montante amigavelmente.

Saiba mais___________________




Nenhum comentário

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.