Açailândia, o "paraíso" dos vice-prefeitos


Muito embora sem nenhuma chance de vitória, devido seu fracasso administrativo a frente do executivo, quando teve a chance sendo eleito prefeito de Açailândia, o ex-prefeito Deusdete Sampaio fez a escolha certa, ao escolher sua irmã como candidata a vice-prefeita de sua chapa. 

Afinal de contas, Açailândia tem uma situação a típica em relação a outros municípios, pois aqui nas terras de João Mariquinha, quase que 90% dos vices assumiram os mandatos, que seja por um curto período, ou mesmo efetivado em definitivo no cargo. 

As exceções foram apenas os ex-prefeito Leonardo Queiroz que ficou no primeiro mandato integralmente no cargo, e Ildemar Gonçalves dos Santos conseguiu concluir três mandatos. “Se eu fosse um dia candidato a prefeito, assim como fez Deusdete Sampaio, eu também escolheria uma irmã, um irmão, ou até mesmo minha mãe como candidata a vice da minha chapa". 

Dos políticos que assumiu como vice-prefeito, apenas o que se tem notícia que aguentou ali calado, sem mover uma palha, sem torcer negativamente pela queda do prefeito eleito, foi o atual prefeito Aluísio Silva Sousa, que assumiu o mandato no lugar do ex-prefeito Juscelino Oliveira. 

Isso me faz lembrar a letra da musica de Raul Seixas, Cawboy Fora da Lei que diz o seguinte:

Mamãe, não quero ser prefeito
Pode ser que eu seja eleito
E alguém pode querer me assassinar
Eu não preciso ler jornais
Mentir sozinho eu sou capaz
Não quero ir de encontro ao azar

2 comentários:

  1. Juscelino por ser um perseguidor pensei que iria fazer a diferença foi dos piores prefeito e o vice é Maria vai com as outras não manda no governo eta Açailândia que sofre agora é o momento vamos eleger pessoas que não tiveram no poder se não fizer direito Rua

    ResponderExcluir

SEJA BEM VINDO, PARTICIPEM E COMENTE A VONTADE

Tecnologia do Blogger.