24 de abril de 2017

Secretaria municipal de saúde prepara ação para dia Nacional do Combate à Hipertensão Arterial em Açailândia.

A Prefeitura municipal de Açailândia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde-se MUS, do programa Saúde do Adulto, além do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional-SISVAN, vai realizar na próxima quarta-feira (26), uma campanha de conscientização e prevenção, alusiva ao dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial.


Essa ação importante, conta com o apoio do Prefeito Juscelino Oliveira, da secretaria de saúde Kerly Cardoso, da nutricionista Hyandra Almeida coordenadora do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional-SISVAN, além do apoio da enfermeira Alliny Ferreira da Silva, coordenadora do Programa Saúde do Adulto, da secretaria de saúde do município Açailândia.

A programação vai acontecer no CEME-Centro de Especialidades Medica na Rua Anita Garibaldi, próximo a Secretaria de Saúde, assim como na UPA-Unidade de Pronto Atendimento, e nas UBS-Unidade Básicas de Saúde do município de Açailândia.

Esta data tem como objetivo, conscientizar as pessoas sobre os cuidados básicos para prevenir a hipertensão arterial. Segundo dados do ministério da saúde, um dos principais fatores que podem levar a hipertensão é o sobrepeso e obesidade, a má alimentação, o sedentarismo, o tabagismo, e em alguns casos, o fator hereditário. Pois já é constatado, que (Indivíduos com pais hipertensos têm 30% de chance de também se tornarem hipertensos).

A secretária municipal de Saúde Kerly Cardoso, ressaltou que atendendo as determinações do prefeito Juscelino, a pasta vem buscando todos os meios para levar uma saúde de qualidade a toda municipalidade. Para isso, basta observar os investimentos que a prefeitura vem fazendo nessa área tão importante, como prova, é a ampliação e reforma do hospital municipal, que e em um curto espaço de tempo, será entregue a população. Disse a secretaria Kerly Cardoso.
  
De acordo com o setor de planejamento da secretaria de saúde, “o prefeito Juscelino Oliveira tem se mostrado sensível a todas as ações desenvolvidas na área de saúde pública, o que facilita a toda equipe realizar um trabalho com ótimo reaproveitamento, pois quando o gestor é sensível em determinada área, ajuda bastante na realização de um trabalho de qualidade”. Disse Paulo Coelho dos Santos, Coordenador de planejamento.

HIPERTENSÃO

Conforme dados divulgados pelo Ministério da Saúde, entre as 20 doenças que mais matam no Brasil, a hipertensão aparece na quinta colocação, são cerca de 30 milhões de brasileiros atingidos.

A pressão alta, como é popularmente conhecida, é uma doença crônica que é determinada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. Ela faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo.

Por ser uma doença muitas vezes silenciosa, não apresenta sintomas alarmantes ou claramente identificáveis, manifestando-se já em estágio avançado e podendo provocar derrames, doenças do coração, paralisação dos rins e lesões nas artérias.

Alguns dos fatores de risco que podem ocasionar o surgimento da hipertensão são: idade, gênero, etnia, excesso de peso ou obesidade, ingestão excessiva de sal e de álcool, sedentarismo, ou ainda fatores genéticos combinados ou não dentro de um contexto de estilo de vida pouco saudável. O diagnóstico pode ser realizado de forma bastante simples, através da aferição da pressão arterial e avaliação médica.


--- ---