Durante Reunião da Comissão Intergestores (CIR), Secretaria de saúde de Açailândia, cobra retorno de atendimentos suspenso em Imperatriz.


A secretaria Kerly Cardoso, acompanhada do coordenador de planejamento da secretaria de saúde de Açailândia Paulo coelho, participou na ultima sexta-feira (18), de uma reunião da Comissão Intergestores Regional (CIR). O evento aconteceu, na sede da Gerencia de Saúde do Governo do estado em Açailândia.

O motivo da reunião, foi para os gestores traçar metas, e definir um plano de ação, para juntos, buscar soluções que melhore o entendimento ofertado na área de saúde pública, a população de todos os municípios que fazem parte da regional.

Segue o Cronograma da Reunião.

1º. Boas Vindas José Neto (URSA); Elias (Coordenador da CIR).

2º. Apresentação do servidor Janilton Cavalcante (Neto)

3º. Comunicado das demandas regional: Uso do Hipoclorito na ESF.

4º. VIGIDESASTRE (informações diárias dos agravos) VIGILOSO, VIGIÁGUA (Acompanhamento do site mensal).

5º. Reunião dos coordenadores de Vigilância e atenção primaria (16 de maio/CIR) informe Microcefalia (Semana)

6º. Apresentação da programação anual de vigilância sanitária Jane – Vila Nova dos Martírios.

7º. Implantação do NASF- Jane- Vila Nova.

8º. Apresentação do plano anual de saúde e programação anual de saúde-Adriana-Itinga.

Participaram da reunião, o coordenador da Unidade regional de Saúde de Açailândia (URSA) José neto, Assim como quase todos os secretários integrantes da Comissão Intergestores (CIR). Como os secretários de Açailândia, Buriticupu, Cidelândia, Vila Nova Dos Martírios, Itinga do Maranhão. Já o secretario de São Francisco do Brejão, por motivo de força maior, não pode estar presente, mesmo assim, enviou um representante do município.

Durante a reunião, a secretaria de saúde de Açailândia kerly Cardoso, cobrou o cumprimento de um oficio, onde ficou marcado uma reunião para acontecer em Imperatriz, e até o momento não aconteceu. Esse oficio, seria para discutir sobre a suspensão de alguns atendimentos de saúde, que antes em imperatriz, e estão deixando de acontecer, devido à burocracia encontrada no município vizinho.
Tecnologia do Blogger.