Brasil do atraso, Maranhão do atraso.


Não sei se vale a pena escrever sobre o atraso do nosso presente que obscurece o futuro.


Talvez, por nossas veias, circula algo daquele sentimento que todos precisamos ter para acordar, levantar, trabalhar e seguir adiante, esperança!

Onde esta reside? Talvez ali no horizonte inalcançável, fugidio, distante. Ou, quem sabe, aqui dentro de cada um de nós que queremos que o bem-comum prevaleça.

Se ontem li um dos poemas mais sublimes que o homem possa ter escrito e, perdoem-me os poetas e os grandes leitores do gênero, talvez seja o combustível necessário para digitar estas linhas.

O atraso, tema desta pequena postagem deste que teima em expor o que pensa, independentemente do que nos é imposto e estabelecido pelos piores protagonistas da história da política brasileira, com raras exceções.

A cena da visita de senadores da Comissão de Constituição e Justiça para observar as condições de carceragem de todos os presos e, especialmente, visitar o principal preso comum do país, o Sr. Luis Inácio da Silva, o Lula, hoje em Curitiba é de uma desfaçatez descomunal.

Assistir ao rico oportunista acreano Jorge Viana, ao boquirroto paranaense Requião, ao Renan Calheiros e ao Edison Lobão, que dispensam apresentações, todos sabemos que só tem um objetivo: o eleitoral.

Lula, o "pseudo-pai dos pobres", é o maior eleitor no Maranhão e em Alagoas. Renan e Lobão estão atrás de seus eleitores nos seus respectivos estados. Vão dizer nos comícios: "Olha, eu estive lá com ele!" Fotos serão divulgadas se forem mais audazes...

José Sarney, segundo blogue do jornalista Robert Lobato, declarou votar em Lula caso este consiga ser candidato. Sarney, mais do que todos nós juntos, sabe que a possibilidade é muito pequena. Lula é Ficha Suja! Mas persegue o mesmo intuito, o de ficar bem com os eleitores lulistas.

Como se vê, Lula é o grande coronel dos pobres ingênuos, dos intelectuais de meia tigela e de todos os políticos oportunistas do PT, MDB, PC do B, PDT, PSOL e tantas outras siglas que, certamente, já lhe visitaram ou visitarão.

Esse atraso teima em se perpetuar, mas a esperança, ah!, que venha nos livrar.
Tecnologia do Blogger.