Diante do descaso da administração da prefeita karla Batista: Servidores Municipais deflagram greve de advertência em Vila Nova dos Martirios


CARTA ABERTA À COMUNIDADE

Os servidores públicos do município de Vila Nova dos Martírios-Maranhão, através do STEESVINOMAR, vêm a público prestar esclarecimentos sobre o Movimento de Paralisação de advertência, deflagrado em Assembleia Geral, diante do descaso que a atual administração municipal tem com os servidores públicos municipais, de modo a se negar a realizar negociações com o sindicato no que diz respeito ao Acordo Coletivo de Trabalho aprovado pelos servidores ainda no final de março  e apresentado  ao município no início de abril do corrente ano.


Em três de abril, o sindicato protocolou junto a prefeitura, o Acordo Coletivo de Trabalho que contém reivindicações dos servidores da educação e saúde. Em sua grande maioria, as reivindicações estão todas previstas em legislações federais e municipais e o município ainda não as implantou. As principais são:

• REAJUSTE NOS SALÁRIOS DOS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO E SAÚDE ;

• MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO;

• CUMPRIMENTO DO PISO SALARIAL DO MAGISTÉRIO PARA TODOS OS PROFISSINAIS DOCENTES;

• PAGAMENTO DOS SALÁRIOS ATÉ O DIA 5 DE CADA MÊS;

• IMPLANTAÇÃO DO VALE ALIMENTAÇÃO PARA OS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO;

• REAJUSTE NO VALOR DO VALE ALIMENTAÇÃO DOS SERVIDORES DA SAÚDE;

• CUMPRIR CORRETAMENTE O PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS DA EDUCAÇÃO SEM DISCRIMINAR OS SERVIDORES;

• LICENÇAS REMUNERADAS PARA ESPECULAÇÕES CONFORME PREVÊ A LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO;

• CUMPRIMENTO DA LEI DO PISO DO MAGISTÉRIO NO QUE SE REFERE A CARGA HORÁRIA PARA TODOS OS DOCENTES;

• DESCONTO DA MENSALIDADE SINDICAL EM FOLHA DE PAGAMENTO;

• 60% DO VALOR PRECATÓRIOS DO FUNDEF PARA OS PROFESSORES;

• CONTRA A PERSEGUIÇÃO E ASSÉDIO MORAIS SOFRIDOS PELOS SERVIDORES;

• REAJUSTE NOS VALORES DAS GRATIFICAÇÕES DOS SERVIDORES DA SAÚDE.

Apresentados os itens acima, que são de direito da categoria, resta-nos a preocupação sobre a boa vontade da administração municipal em atendê-los, haja visto que o município tem se isentado de suas responsabilidades e negado aos servidores o que que lhe é de direito.

A paralisação não traz desconforto apenas para os alunos e pais, mas também aos servidores que são  comprometidos com o seu trabalho com a comunidade. Todo esse desconforto da administração  municipal que se nega a negociar com os servidores.

Lembrando que a paralisação é uma forma democrática e legítima dos servidores lutarem por seus direitos e ocorrerá nesta terça-feira(03/07) e quarta-feira(04/07) para os servidores da educação. Os servidores da saúde poderão aderir ao movimento no dia 04/07.

Restou-nos somente esta alternativa extrema de paralisação, através da qual, que seja feito um acordo o mais breve possível, dependendo apenas do bom senso da atual administração municipal por que nós sempre estivemos e estaremos abertos ao diálogo.
Contamos com a compreensão e o apoio dos alunos, pais e responsáveis dos alunos, usuários do sistema público de saúde bem como toda a comunidade vilanovense.

PREFEITA, APRESENTE PROPOSTAS AOS SERVIDORES!

CONTAMOS COM VOCÊ!

DIA 02 DE JULHO

• Reunião com a comunidade de Clevelândia, na Escola Humberto de Campos às 19hrs;

• Reunião com a comunidade de Marcolândia, na Escola São Francisco às 19hrs.

DIA 03 DE JULHO

•Reunião com a comunidade da sede de Vila Nova dos Martírios, não auditório do sindicato às 9hrs;

• Manifestação pelas ruas da cidade, a partir das 10hrs com encerramento em frente a prefeitura.

Traga sua indignação e se junte aos servidores.

Tecnologia do Blogger.