“Crimes ambientais! são cometidos com a permissão de Flávio Dino”, denuncia deputado Wellington sobre construção de um porto no Cajueiro

Desmatamento da vegetação típica. Esse é o cenário que o deputado estadual Wellington do Curso constatou ao realizar visita “in loco” ao Cajueiro, localizado em São Luís. Toda a destruição da vegetação local conta com a permissão de Flávio Dino que, em 2014, antes de ser governador, era também contra a prática de crimes ambientais na área.


Ao abordar o caso, o deputado Wellington reafirmou seu posicionamento contrário à prática de crimes ambientais e destacou a necessidade de se atuar a fim de atenuar as consequências negativas de tal feito.

“Antes, Flávio Dino era contra a prática desses crimes ambientais no Cajueiro. Hoje em dia, quem liberou as licenças foi ele próprio. Quanta contradição. O que mudou de 2014 para hoje? O que fez com que Flávio Dino mudasse tanto de opinião? É de se lamentar! Crimes ambientais são cometidos com a permissão do governador Flávio Dino. Permanecemos na luta em defesa do Cajueiro, da população e contra esses atos totalmente contrários ao meio ambiente”, disse o deputado Wellington.

Tecnologia do Blogger.